Blog > Análise de mercado > Quais são as melhores práticas na hora de selecionar um fornecedor?

Análise de mercado

Quais são as melhores práticas na hora de selecionar um fornecedor?

Você apostaria algo de valor em uma escolha aleatória? Você colocaria o sucesso da sua empresa nas mãos de um fornecedor que você não conhece? Ou deixaria para procurar na última hora? Imagine essa situação como uma máquina caça-níquel: você realmente ficaria apostando suas moedas, sem certeza nenhuma, esperando que uma trouxesse algum prêmio?

A resposta é não. Na hora de selecionar os fornecedores você não pode apostar, precisa ter certeza de que tem um banco de dados bem provido com empresas que fornecerão insumos para seu negócio prosperar. Da farinha do padeiro ao software de gestão em uma construtora, esses provedores poderão ajudar ou prejudicar suas vendas.

Então, como selecionar as melhores empresas para se tornarem parceiras do seu negócio? Listamos as melhores práticas para esse processo:

 

Selecione candidatos:

Procure possíveis fornecedores em diferentes fontes: pesquisas pela internet, indicações de outros negócios, eventos de setor, publicações e veículos de comunicação segmentados. Reúna todas as informações que você encontrar nesse processo.

 

Reúna opiniões e avaliações:

Converse com antigos e atuais clientes dessas empresas; busque avaliações em sites especializados e mídias sociais; escute opiniões positivas e também as críticas feitas a cada candidato. Coloque tudo isso na sua planilha de possíveis fornecedores.

 

Teste os serviços e produtos:

Antes de começar um relacionamento com qualquer fornecedor e até mesmo fechar um contrato, utilize o serviço ou produto da empresa que você está avaliando . Você pode, por exemplo, contratar uma equipe de limpeza por um mês para saber como ela se sai, antes de fechar um contrato por um ano. Ou comprar uma matéria-prima de um fornecedor novo e usar apenas em um número limitado de produtos para ver a reação dos seus clientes. Aproveite para listar dúvidas que aparecerem para poder tirá-las em uma conversa formal com aqueles que forem mais bem avaliados.

 

Marque uma conversa:

Depois que você chegar a um número menor de possíveis fornecedores, marque conversas com essas empresas para saber se elas poderão realmente fornecer o que você está procurando e em quais condições — é uma ótima oportunidade para falar sobre quantidades, prazos, preços, formas de pagamentos.

 

Formalize uma parceria:

Com os candidatos finais escolhidos, formalize um primeiro pedido de fornecimento e avalie o desempenho deles. Com cada novo negócio, refaça as análises dessas empresas e vá construindo um relacionamento positivo com cada uma delas.

 

Uma outra forma — mais completa — é usar plataformas específicas de relacionamento com fornecedores, como o Serasa Conecta, na qual compradores podem avaliar melhor os riscos de suas operações com empresas parceiras.

 

Conheça o Serasa Conecta

 

Autor do artigo

Serasa Experian

A maior referência do país no serviço de informações para consumidores e empresas.