Número de micro e pequenas empresas inadimplentes cresce e alcança 5,3 milhões em março, revela Serasa Experian

Número de micro e pequenas empresas inadimplentes cresce e alcança 5,3 milhões em março, revela Serasa Experian

  • Pesquisa
  • Publicada em 18/06/2019
  • Tempo de leitura: 3 minuto(s)

Total registrado é recorde histórico. No comparativo com o mesmo mês de 2018, a alta foi de 6,9%

São Paulo, 23 de maio de 2019 – A inadimplência de micro e pequenas empresas bateu recorde em março de 2019, chegando a 5,3 milhões. O número é o maior da série histórica, iniciada em março de 2016, e teve alta de 6,9%, na comparação com o terceiro mês de 2018. Na relação com fevereiro de 2018, houve aumento de 0,7%.


Segundo os economistas da Serasa Experian, o fraco desempenho da atividade econômica durante o primeiro trimestre acabou por não favorecer a ampliação da geração de caixa das empresas. Este fator e a alta da inflação foram os responsáveis pelo aumento do número de micro e pequena empresas com dívidas atrasadas e negativadas.

A região Norte concentrou a maior alta (8,2%) em março de 2019, na comparação com o mesmo mês de 2018. Em segundo lugar, aparece o Sudeste, com crescimento de 7,8%, seguido de perto pelo Centro-Oeste (7,5%). Sul (6,9%) e Nordeste (3,4%) aparecem na sequência.

Por Estado, o Amapá apresentou a maior alta, de 14,8%, no comparativo ano a ano. Rio de Janeiro é o segundo, com 13,5%, seguido por Mato Grosso (12,6%) e Pará (9,7%). Somente três estados apresentaram queda na mesma relação: Alagoas (-0,8%), Piauí (-1,6%) e Rio Grande do Norte (-0,6%). Clique aqui e veja a tabela com todos os Estados.

Por segmento, Serviços – que representa 48% do total em março deste ano – foi o setor que mais deixou de pagar as contas em dia, com alta de 11,6%, na comparação com março de 2018. A indústria (8,4% de participação) vem na sequência, com aumento de 3,2%, e o comércio (43,2% de participação) com crescimento de 2,8% no comparativo anual.

Inadimplência de empresas de todos os portes também atingiu máxima histórica

Em março deste ano, o número de empresas inadimplentes de todos os portes bateu recorde e atingiu 5,7 milhões. Este é o maior número de série história, que em fevereiro de 2018 estava em 5,6 milhões (alta de 0,8%). Quando comparada com março de 2018, o volume foi 4,5% maior.

As micro e pequenas empresas representam 95% do total das empresas inadimplentes no país.

Como aprimorar a gestão financeira de MPEs

Pensando na importância da educação financeira e no cuidado que as MPEs devem ter em relação à gestão de seus empreendimentos, o Serasa Empreendedor conta com o Saúde do Seu Negócio, solução para contribuir com um dos principais desafios de uma empresa: administrar as finanças do seu negócio.

A solução digital existe para combinar informações e planos de ação em uma só ferramenta, a fim de auxiliar estes micro e pequenos empresários a conquistarem uma boa condição de saúde financeira, e mostrar como isso pode se reverter em benefício aos seus negócios. O serviço reúne informações, recursos de análise e funcionalidades, para mostrar como a empresa é vista no mercado e de que maneira as suas referências se tornam decisivas na hora de ser avaliada como fornecedora, no momento de adquirir produtos e serviços ou buscar crédito.

Micro e pequenos empresários podem contratar o serviço pela internet, no site: www.serasaempreendedor.com.br, no formato de assinatura mensal, a partir de R$ 29,90.

Ainda no portal do Serasa Empreendedor é possível encontrar cursos gratuitos sobre empreendedorismo, gestão financeira, estratégia e organização, entre outros.