Feirão Limpa Nome HISTÓRICO: 7 em cada 10 pessoas que viram sua dívida renegociaram

Feirão Limpa Nome HISTÓRICO: 7 em cada 10 pessoas que viram sua dívida renegociaram

  • Pesquisa
  • Publicada em 23/11/2017
  • Tempo de leitura: 8 minuto(s)

Entre os que negociaram, 40% têm até 28 anos; Bancos e financeiras lideram acordos (31,5% do total)

São Paulo, 23 de novembro de 2017 – Os primeiros 17 dias do Feirão Limpa Nome de 2017 já fizeram desta edição do evento a maior da história realizada pela Serasa. Até o dia 22 de novembro mais de 810 mil consumidores negociaram ao menos uma dívida pelo site. Isso representa um crescimento de 90% comparado com o mesmo período do ano anterior. “As pessoas estão consultando as suas dívidas em nosso site e encontrando ótimas oportunidades para pagá-las, seja com parcelamentos mais alongados ou grandes descontos para negociação à vista. Isso mostra que além de os brasileiros estarem buscando renegociar e quitar suas dívidas, as empresas participantes também estão buscando recuperar o crédito com todas as vantagens e facilidades que nossa plataforma digital Serasa Limpa Nome traz para ambas as partes”, diz Raphael Salmi, Diretor de Estratégia da Serasa Experian.

A versão do Feirão esse ano, diferente das demais, acontece 100% pela internet. O objetivo era focar os esforços para possibilitar que todo brasileiro, independente de sua localização, pudesse quitar suas dívidas e cumprir a promessa de terminar o ano com o nome limpo. Isso atraiu um público que já está acostumado a fazer tudo pela internet, principalmente pelo Smartphone. Até o momento, apenas o site do Feirão teve mais de 3.5 milhões de visitas, um crescimento de 170% comparado com o mesmo período do ano anterior (se considerar as visitas de todo Serasa Consumidor no período, foram mais de 20 milhões). Entre as pessoas que renegociaram, 40% têm até 28 anos, sendo homens e mulheres na mesma proporção. Até 33 anos este número passa para 60%. Além disso, 70% dos acessos foram feitos via tablets ou Smartphones. “O jovem, no início da sua vida financeira, ficou inadimplente em grande parte pela falta de experiência e planejamento financeiro com a utilização de crédito, mas assim como os outros grupos de idade,
também foi impactado pela situação econômica do país. A boa notícia é que também está preocupado em pagar suas dívidas, aproveitando os benefícios do feirão e a facilidade e comodidade da plataforma digital”, completa Salmi.

Durante o Feirão Limpa Nome, que começou em 6 de novembro e vai até o dia 30, o consumidor pode negociar diretamente com a empresa participante, o que aumenta as chances de um acordo mais satisfatório para ambas as partes. O 13º salário, cuja primeira parcela é normalmente paga em novembro, pode ser uma opção para os 61 milhões de brasileiros em situação de inadimplência.

As negociações com Bancos e Financeiras lideram a lista por segmento, com 31,5%. Depois se destacam: empresas de Cartão de Crédito – incluindo Cartões de Loja/Varejo (29,1%); Telecom (19,4%); Recuperadoras de crédito (17,1%); e Pequenas e Médias empresas (2,9%).

População de baixa renda lidera o número de renegociações

Com a crise dos últimos anos, grande parte da população teve perda ou diminuição da sua renda. Isso, sem dúvida, teve um impacto grande na inadimplência do país, que esse ano bateu recorde, chegando a 61 milhões de pessoas inadimplentes. A boa notícia é que, com o início da retomada da economia, a renda começou a voltar, e com isso, a possibilidade de renegociação das dívidas. Isso se refletiu diretamente no feirão. Até o momento 60% das pessoas que renegociaram suas dívidas tem renda individual presumida de até 1 mil reais por mês, e 19% ganham até 1.500 reais.

Além da retomada da economia, a disposição das empresas para renegociar está ajudando bastante também. Saulo (26 anos), morador da cidade de São Paulo, aproveitou esses descontos. “Estava adiando para renegociar essa dívida, e sem dinheiro para quitar. Fiquei sabendo do Feirão, entrei no site, e encontrei a possibilidade de negociar com desconto e em 12 vezes. Era como se fosse a Black Friday da dívida. Não tive dúvida, limpei o nome na hora”.

Sudeste lidera as negociações. No Nordeste, Bahia, Ceará e Pernambuco apresentam maior volume

Dos consumidores que renegociaram suas dívidas até o momento, 60% vieram da região Sudeste, liderados por São Paulo, com 39%, Rio de Janeiro com 11%, Minas Gerais com 8% e Espirito Santo com 2%. Esse número representa uma boa resposta da região ao feirão, já que 44% dos inadimplentes do país estão no Sudeste. No Nordeste, esse número já não é o mesmo. A região representa 25% dos consumidores endividados, porém apenas 16% dos consumidores que já negociaram dívidas no Feirão Limpa Nome. Os estados da Bahia (5%), Ceará (3,2%) e Pernambuco (3%) lideram o ranking de estados do Nordeste, com maior número de consumidores que negociaram suas dívidas no evento.

Negociação no Feirão por Estado

Feirão Limpa Nome no ar até dia 30 de novembro

A negociação dos débitos em aberto pode ser feita até o dia 30 de novembro pelo computador, tablet ou celular, com toda a segurança proporcionada pela Serasa, em um site interativo, especialmente desenvolvido para a nova edição do Feirão Limpa Nome.

Para participar, basta acessar o site www.feiraolimpanome.com.br. Ali os consumidores encontrarão todos os detalhes do evento, empresas parceiras e como participar. Ao se cadastrar o consumidor será direcionado a uma página na qual estarão listadas as dívidas que constam na base de dados da Serasa e que podem ser negociadas com as empresas participantes. Também serão apresentados os canais de atendimento (telefones, e-mail, chat) disponibilizados por cada credor e, em alguns casos, ofertas pré-estabelecidas por meio de boleto bancário ou até mesmo simular, escolher a melhor condição de pagamento e gerar o boleto de forma online.

O site é desenvolvido em ambiente seguro, o que garante a proteção aos dados do consumidor. Assim, quem não tiver internet em casa, pode usar qualquer computador, celular ou tablet para negociar. Na última edição do Feirão Limpa Nome da Serasa, 616 mil consumidores negociaram suas dívidas.

A Serasa Experian reforça que o endereço oficial do Feirão é: www.feiraolimpanome.com.br

Além disso, a Serasa não pede nenhuma forma de adiantamento ou depósito bancário para que o consumidor possa quitar suas dívidas. Toda a negociação é feita diretamente com o credor por meio do site.

Feirão Limpa Nome é oportunidade

“O consumidor deve aproveitar a oportunidade da nova edição do Feirão Limpa Nome para limpar o nome, renegociando com condições de pagamento que caibam em seu bolso para sair da inadimplência”, diz Salmi. “Este ano decidimos por realizar o feirão 100% online para ampliar a oportunidade e ajudar o maior número de consumidores em todo o Brasil. Estamos na época de recebimento do 13º salário, e quem possui benefício, é recomendável que priorize o pagamento da dívida com este recurso”.

Serasa Experian

A Serasa Experian é líder na América Latina em serviços de informações para apoio na tomada de decisões das empresas. No Brasil, é sinônimo de solução para todas as etapas do ciclo de negócios, desde a prospecção até a cobrança, oferecendo às organizações as melhores ferramentas. Com profundo conhecimento do mercado brasileiro, conjuga a força e a tradição do nome Serasa com a liderança mundial da Experian. Criada em 1968, uniu-se à Experian Company em 2007. Responde on-line/real-time a 6 milhões de consultas por dia, auxiliando 500 mil clientes diretos e indiretos a tomar a melhor decisão em qualquer etapa de negócio. É a maior Autoridade Certificadora do Brasil, provendo todos os tipos de certificados digitais ICP-Brasil, tornando os negócios mais seguros, ágeis e rentáveis.

Constantemente orientada para soluções inovadoras em informações para crédito, marketing, identidade digital e negócios, a Serasa Experian vem contribuindo para a transformação do mercado de soluções de informação, com a incorporação contínua dos mais avançados recursos de inteligência e tecnologia.

Para mais informações, visite www.serasaexperian.com.br

Experian

A Serasa Experian é parte da Experian, líder mundial em serviços de informação, fornecendo dados e ferramentas de análise a clientes ao redor do mundo. O Grupo auxilia os clientes no gerenciamento do risco de crédito, prevenção a fraudes, direcionamento de campanhas de marketing e na automatização do processo de tomada de decisão. A Experian também apoia pessoas físicas na verificação de seus relatórios e scores de crédito e na proteção a fraudes de identidade.

Em 2016, a Experian foi eleita, pela terceira vez, pela revista Forbes como uma das companhias mais inovadoras do mundo. A Experian plc está registrada na Bolsa de Valores de Londres (EXPN) e compõe o índice FTSE 100. A receita total para o ano fiscal encerrado em 31 de março de 2016 foi de US$ 4,6 bilhões. A empresa emprega cerca de 17.000 pessoas em 37 países e possui sede corporativa em Dublin, na Irlanda e sedes operacionais em Nottingham, no Reino Unido; na Califórnia, Estados Unidos, e em São Paulo, Brasil.

Para mais informações, visite www.experianplc.com ou veja o documentário Inside Experian.