Demanda das empresas por crédito apresenta maior variação dos últimos onze anos, revela Serasa Experian

Demanda das empresas por crédito apresenta maior variação dos últimos onze anos, revela Serasa Experian

  • Pesquisa
  • Publicada em 08/11/2019
  • Tempo de leitura: 2 minuto(s)

Crescimento de 20,6% foi impulsionado por micro e pequenas empresas do segmento de Serviços

São Paulo, 08 de novembro de 2019 – O mês de setembro de 2019 registrou um aumento de 20,6% na demanda por crédito das empresas, comparado com o mesmo mês de 2018. Esta é a maior variação anual desde janeiro de 2008. A alta foi impulsionada por Serviços, que teve crescimento de 27,1% no mesmo período – maior do setor registrado em 2019. Confira abaixo a relação entre os dois dados do Indicador Serasa Experian de Demanda das Empresas por Crédito. Os outros setores também apresentaram resultados positivos: Comércio teve 15,4% e Indústria 14,9%.

Segundo o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, Serviços é o que mais influencia a demanda por crédito das empresas por ter o maior volume de micro e pequenos empreendimentos atuando neste setor. “Foram as companhias menores que mais contribuíram para a alta demanda em setembro, graças à necessidade de crédito para manutenção e expansão dos negócios”.

Busca por crédito das micro e pequenas empresas tem maior variação de 2019
Empreendimentos de portes menores registraram a maior variação em setembro de 2019, quando comparado com o mesmo mês de 2018. As micro e pequenas tiveram alta de 20,7%, com médias (18,8%) e grandes (14,2%) na sequência. Na avaliação com agosto/19, os números foram -0,3% para as micro e pequenas, 0,3% para médias e 0,6% para as grandes.

Regiões apresentam crescimento; Sudeste se destaca
Sudeste (24,3%) teve a maior variação anual entre os meses de setembro e registrou seu pico em 2019. Mesma situação registrada no Nordeste, cujo indicador foi de 20,5%, seguido pelas regiões Norte (19,3%) e Sul (15,9%), que também alcançaram os melhores resultados do ano. A região Centro-Oeste também cresceu, com 12,9%.

A série histórica deste indicador está disponível em:
https://www.serasaexperian.com.br/amplie-seus-conhecimentos/indicadores-economicos