Blog > Empresas > Saiba o que você pode acessar nos relatórios do Cadastro Positivo

Empresas

Saiba o que você pode acessar nos relatórios do Cadastro Positivo

Uma boa decisão na hora de fazer negócios com clientes, especialmente se a empresa está concedendo crédito ou vendendo a prazo, é feita com a ajuda de um bem precioso: dados. Analisá-los é essencial para evitar riscos como inadimplência e fraude, por exemplo. Para as empresas, é muito importante minimizar essas ameaças, pois preveni-las evita perda de faturamento e aumenta o sucesso nos negócios.

 

O Cadastro Positivo pode ajudar, e muito, nessa tarefa. Trazendo informações sobre os compromissos, o histórico e os hábitos de pagamento de consumidores e empresas, ele aumenta a precisão na hora de avaliar o risco de fazer negócios com eles, possibilitando o desenvolvimento de políticas de crédito mais inclusivas. Assim, você faz mais e melhores negócios.

 

Mas de onde vêm os dados do Cadastro Positivo?

Os dados sobre os compromissos e hábitos de pagamento de pessoas e empresas vêm do próprio mercado. Isso significa que, quando um CPF ou CPNJ tem cadastro positivo aberto, as informações sobre eles passam, a partir de um acordo de reciprocidade, a serem enviados pelas empresas aos birôs de crédito (a Serasa Experian é um deles).

 

O acordo de reciprocidade permite que as empresas, ao mesmo tempo que fornecem informação sobre seus clientes, também acessem os dados dos clientes de outras empresas, desde que a pessoa ou a empresa consultada tenha aderido ao Cadastro Positivo.

 

Com isso, as relações comerciais passam a ser muito mais transparentes e vantajosas para ambos os lados da mesa. As informações do Cadastro Positivo são boas para quem vende, porque ele passa a ter acesso não mais a uma fotografia (a situação financeira do comprador no momento da compra), mas sim a um filme (os hábitos de pagamento do cliente ao longo do tempo), que permite que ele tenha uma visão mais ampla sobre o comprador e, conhecendo-o melhor, faça propostas mais ajustadas àquele perfil.

 

Essas informações são boas também para o comprador, pois fornecendo o histórico de seus compromissos o grau de confiança do credor aumenta e o cliente pode receber as melhores propostas de negócios.

 

Veja aqui em quais ocasiões você pode usar o Cadastro Positivo

 

Além dos hábitos de pagamento, quais outras informações posso acessar com o Cadastro Positivo?

Dentro do Cadastro Positivo é possível solicitar informações de consumidores ou empresas e em cada um deles o solicitante pode acessar dados diferentes, incluindo compromissos e hábitos de pagamentos. São eles:

 

Cadastro Positivo Consumidores:

  • Situação do CPF
  • Dados cadastrais e localização
  • Participação em empresas
  • Anotações de inadimplência
  • Risco de inadimplência

 

Cadastro Positivo Empresas

  • Dados cadastrais da pessoa jurídica
  • Identificação dos sócios
  • Acionistas e administradores
  • Participações em outras empresas
  • Risco de inadimplência.
  • Faturamento presumido
  • Propensão a inconsistências comerciais

 

Como acessar o Cadastro Positivo?

 

É possível acessar o Cadastro Positivo por meio de birôs de crédito, como a Serasa Experian, a partir do compartilhamento de dados e da contratação dos relatórios de consulta, seja de empresas ou de consumidores. Para saber mais ou contratar, clique aqui.

 

E você? Já abriu o seu Cadastro Positivo e o da sua empresa? Transparência, é uma via de mão dupla — quem vê também é visto – e você pode ter acesso a melhores condições de negociação se a empresa de quem você está comprando souber mais sobre você. Aproveite essa oportunidade.

 

Autor do artigo

Serasa Experian

A maior referência do país no serviço de informações para consumidores e empresas.