5 Indicadores de Desempenho para o MEI ou PME
por Serasa Experian

Indicadores de desempenho são essenciais para o sucesso de uma empresa, são estes sinais e o acompanhamento deles que podem responder perguntas complexas do seu negócio.

 

O que você deseja alcançar com sua empresa?

 

Essa pergunta é muito fácil de ser respondida, em quase 100% dos casos a resposta evidentemente seria o sucesso.

 

Já quando a pergunta é o que você faria para alcançar este sucesso a resposta é muito mais complexa.

 

Indicadores de Desempenho para MEI e PME

 

A Serasa Experian separou alguns indicadores de desempenho voltados principalmente para quem é MEI ou PME.

Veja abaixo os 5 indicadores de desempenho essenciais para o sucesso da sua empresa:

 

1- Faturamento

 

Ele é a soma de todas as vendas da sua empresa, conceitualmente parece bem simples, mas dada a importância deste indicador não é, estimar o faturamento, saber a média em um período de tempo são essenciais para acompanhar de forma saudável este indicador.
Como questão jurídica estes indicadores trazem o quanto de impostos você irá pagar e a partir disso em qual remo de atividade empresarial você se encaixa.

 

2 – Recebimento – Consulta de CPF e CNPJ

 

Diferente de faturamento, pois você pode faturar no mês corrente, mas só receber meses após o faturamento.

Por isso é essencial ter em mãos os números de faturamento e recebimento, principalmente se a inadimplência está alta.

Prevenir esta inadimplência é sempre melhor do que remediar, consultar o CPF ou CNPJ de seus clientes é essencial, evitando surpresas desagradáveis.

 

Consulta de CPF e CNPJ

 

Mas e se a inadimplência já aconteceu, está alta e sem perspectivas de recebimento, você pode optar pelo envio da Carta de Cobrança, melhorando este indicador.

3 – Ticket Médio

 

Entender o ticket médio de suas vendas pode trazer ideias e mostrar novos caminhos para o seu negócio.

Já pensou em medir o ticket médio dos seus vendedores como um indicador de performance? Está é uma dica valiosa para medir o desempenho de cada um dos seus vendedores.

A medição em ambos os casos é bem simples, basta dividir o volume de vendas de um determinado período (dia, semana, mês ou ano), pelo número de Notas Fiscais emitidas no mesmo período.

Por exemplo, em um dia sua empresa faturou R$ 100,00 e emitiu 80 Notas Fiscais, dividindo R$ 100,00 por 80, você teria um ticket médio de R$ 1,25.

 

 

4 – Serviço de Entregas

Você deve estar imaginando, minha empresa é fixa, não realiza entregas ou em outros casos, sou um prestador de serviços.

Não se engane, independente do seu segmento você sempre estará fadado a um serviço de entregas. De forma ativa, entregando um produto ou até mesmo de forma receptiva, não deixando faltar estoque na sua empresa.

Este controle é primordial para o bom andamento das suas vendas, deve ser otimizado ao máximo, produtos e serviços indisponíveis, significam vendas não realizadas.

Seus fornecedores cumprem prazos, são organizados, você entrega no prazo? Apenas medindo este indicador é possível responder estas e outras perguntas.

5 – ROI – Retorno do Investimento

O caminho está certo? Você está tendo o retorno desejado do seu investimento?

Medir o ROI é outra métrica extremamente simples ao alcance de todos, que pode trazer benefícios significativos para sua empresa.

 

Veja abaixo como é simples calcular:

ROI = (Receita – Investimento inicial) / Investimento inicial

 

Digamos que você teve uma receita de R$ 1.000,00, mas investiu R$ 100,00.

Aplicando a fórmula acima (R$ 1.000,00 – R$ 100,00) / R$ 100,00 = 9

Significa que você teve um retorno 9 vezes maior do que o investimento inicial. Agora digamos que você queira apresentar isso em forma percentual, basta multiplicar o resultado do ROI por 100, no exemplo acima teríamos um ROI percentual ou lucro de 900%.

Ao medir o ROI, não se esqueça de contar os custos envolvidos na produção de seu produto ou serviço oferecido.

Existem inúmeros indicadores, do mais simples até o mais complexo, é primordial que eles sejam parte integral da sua empresa.
Embasar suas decisões em  indicadores é uma forma mais inteligente de tocar sua empresa.

Veja também