Serasa Expirian

Serasa Experian é a primeira empresa de São Carlos a receber certificação LEED

É com grande satisfação que a Serasa Experian anuncia a conquista do certificado LEED-CI (Commercial Interiors), nível Silver. Concedido à unidade de São Carlos, maior reconhecimento internacional para construções sustentáveis, que passou a ser a primeira empresa na cidade a receber a certificação.

Andréa Regina, gerente de Sustentabilidade Corporativa da Serasa Experian, afirma que “a companhia sempre se preocupou em minimizar os impactos socioambientais, investindo em ações que buscam, inclusive, promover esse olhar consciente. O reconhecimento da certificação LEED é a garantia do nosso compromisso com um mundo mais sustentável”.

O certificado LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) foi criado pelo United States Green Building Council (USGBC) com o objetivo de indicar estratégias e padrões para elaboração de edifícios sustentáveis, e reconhecem, por meio de certificação, projetos considerando dimensões conectadas com a redução de impactos econômico, social e ambiental.

A unidade da Serasa Experian em São Carlos, interior do estado de São Paulo, foi inaugurada em 2017 com conceitos de ecoeficiência, arquitetura moderna, infraestrutura e tecnologia de ponta. Seu investimento foi focado na eficiência energética, com a utilização de luminárias com lâmpadas de baixo consumo, aproveitamento da iluminação natural nas áreas de trabalho, sensores de presença, entre outros. Com isso, foi capaz de reduzir a potência de iluminação conectada em 29,15%.

Além disso, a companhia, preocupada com o uso racional da água, instalou dispositivos em válvulas e metais para limitar a vazão da água e reutilizar a água da chuva para irrigação dos jardins, sendo possível reduzir o uso de água potável em 39,73%. A preocupação com a emissão de gás carbônico também foi pensada quando a empresa destinou 36,8% do valor total dos materiais utilizados na construção para compra em fornecedores da região e de produtos nacionais.

Assim como a unidade localizada na Zona Centro-Sul de São Paulo, considerada em 2002 como o primeiro prédio sustentável do país e o primeiro a ter a certificação NBR 9050:94, pelo moderno sistema de acesso a portadores de todos os tipos de deficiência, o edifício em São Carlos também é uma construção inclusiva, com todos os locais 100% adaptados às pessoas com deficiência. A unidade também possui processos de reciclagem de lixo, bicicletário para incentivar a redução do uso de combustíveis, vagas preferenciais para “carona solidária” entre os funcionários e localização próxima ao transporte público.