Serasa Experian

Saiba como contratar soluções de dados para análise de crédito

Na hora de implementar políticas para análise de crédito para uma grande escala de clientes, a dúvida mais comum dos gestores de crédito de grandes empresas é: contratar mais pessoas ou buscar ferramentas de automação?

A resposta é fácil. Contratar e treinar profissionais para análise de crédito individual costuma ser custoso, trabalhoso e de difícil implantação. As soluções de análise de crédito automatizadas, porém, permitem que tudo isso seja feito de maneira rápida, padronizada e confiável, liberando a equipe interna para trabalhos mais estratégicos.

O mercado dispõe de muitas opções e tecnologias que prometem eficácia operacional na concessão de crédito e redução de custos por decisão. Mas como decidir entre elas?  O que considerar antes de contratar o pacote mais acertado para a sua empresa?

Analisando seu cenário interno 

No equilíbrio entre a prevenção de riscos e as metas de vendas, existe um desafio universal: aprovar o maior número de operações comerciais com a menor inadimplência. Para montar esse quebra-cabeças, é necessário ter todas as peças nas mãos. Na maioria das vezes, o jogo consiste em identificar as peças faltantes para montar o retrato mais fiel de cada cliente.

O primeiro ponto para contratar uma solução de dados para análise de crédito é justamente entender quais dados você procura. São estudos de carteira e áreas de atuação? São soluções de análise por segmento e nicho? É um Score ou são relatórios de comportamento? Para cada necessidade, há uma solução específica e muitas vezes até customizada para a sua empresa.

 

Leia também:

Análise de crédito por nicho ou região: como segmentar?

Como combinar dados internos e externos na análise de crédito?

 

Qual a melhor solução para análise de crédito?

Uma boa pista para saber em quem confiar é analisar a quantidade de informações que compõem uma solução. Quanto mais completa e atualizada for a oferta de dados, melhor a performance. Usando o exemplo do Score, é frequente que a pontuação apresentada por soluções de crédito concorrentes seja discrepante. O Score do mesmo cliente pode ser mais alto em um bureau de crédito e mais baixo em outro. Este é um ponto de atenção!

“Quando o score está acima de 600, a aprovação é automática. Já os clientes abaixo de 400 pontos costumam ter o crédito automaticamente negado. A grande cautela é com os clientes da faixa intermediária, entre 400 e 600 pontos, onde os detalhes do  Score fazem toda a diferença na concessão de crédito. Esta acurácia também tem impacto na definição dos valores a conceder para cada grupo ou segmento”, afirma Rodrigo de Deus, especialista em Soluções de Crédito da Serasa Experian.

A solução ideal é aquela que melhor completa o retrato do seu cliente, tomando como base o seu cenário interno. Para isso, você deve avaliar a capacidade da empresa que está te apoiando ou daquela que vai te apoiar nessa missão.

Qual o tamanho e a capacidade de tratamento de dados do bureau de crédito?

Quanto maior e mais diverso o banco de dados do fornecedor, mais  clareza você terá na análise de crédito de cada cliente.  São informações como identificação cadastral, documentos roubados, participação societária, inconsistência comercial, pendências financeiras, cheques sem fundos, protestos, ações judiciais, falências, entre outras. 

A automação tecnológica vem para garantir o melhor e mais fácil acesso a essas informações, além de tornar a análise mais simplificadaA Serasa Experian tem a maior base de dados da América Latina e oferece os relatórios mais precisos e eficazes do mercado. No fim das contas, este é o maior diferencial que você precisa.