Serasa Experian

A aplicação da estatística voltada ao Direito

Por Fernanda Patricio
Coordenadora de Analytics da Serasa Experian.

Processos jurídicos geram uma enorme quantidade de dados como garantias, contratos, ações dos consumidores e processos trabalhistas que muitas vezes não são analisados, mas podem ser considerados uma excelente ferramenta para suportar decisões da área jurídica e mitigar perdas com ações judiciais.

A jurimetria, como é denominada a utilização de técnicas de análises dos dados no Direito, baseia-se na identificação de comportamentos passados que podem antecipar resultados de ações presentes com oportunidade de aplicação em diferentes frentes como na análise de riscos e de provisionamento de pagamentos, nas políticas de acordo e nas estratégias de defesa e de prevenção a novas ações judiciais.

Aplicação – Provisionamento de processos cíveis

A equipe de consultoria da Serasa Experian desenvolveu junto a um cliente com alto volume de processos cíveis que eram analisados manualmente por seu grupo de advogados para atribuição de risco de condenação (provável, possível ou remoto) um projeto com o objetivo de definir a probabilidade de condenação e o valor a ser provisionado ao conjunto de processos ativos.

O projeto envolveu as etapas de tratativa dos dados, modelagem da probabilidade de condenação e estimativa do valor de pagamento provável. A primeira etapa consistiu em selecionar quais dados eram necessários, bem como em organizá-los e tratar inconsistências, estágios que se mostram bastante importantes na análise de bases que ainda não são utilizadas para fins estatísticos nas empresas e precisam ser executados com atenção.

Os cálculos da probabilidade de condenação e do valor estimado contaram com o desenvolvimento de modelos estatísticos, através da análise de processos históricos e seus resultados: quanto tempo ficaram ativos, marcação de condenação e do valor pago. Em ambos os modelos, os dados dos processos, tais como: comarca, causa do processo, tipo da ação, valor pedido, instância e advogado que moveu a ação, mostraram-se significantes estatisticamente na identificação de processos com maior risco e dos valores médios pago.

Como resultados do projeto, foi distinguido um grupo de 35% dos processos que possuíam perfil similar a outros que, historicamente, geraram 49% menos chance de perda para a empresa do que o grupo com maior risco de condenação. Como consequência, estudos indicaram que era possível reduzir em 40% o valor que estava sendo provisionado pela empresa.

Outras análises possíveis seriam identificar clientes com perfil mais propenso à abertura de processos e, assim, auxiliar na redução do volume de ações cíveis ou detectar processos abertos mais passíveis a um acordo, o que geraria menor gasto com custos processuais, além de outras possibilidades. Os dados disponíveis na área são muitos e a aplicação da jurimetria pode garantir a identificação de padrões e mitigar perdas.

Para responder a esses e outros questionamentos, você pode contar com os serviços de consultoria da Serasa Experian que combinam ferramentas com expertise para entregar uma solução prática e efetiva.

Acesse nosso site e saiba mais.